domingo, 19 de março de 2017

Memo # do que fiz e ando a fazer

domingo, 19 de março de 2017
Fechada  a estação fria na anterior publicação no fazbemaosolhos não tardaram a aparecer os trabalhos com tons primaveris. Ao contrário do que me é habitual não tenho andado só de volta dos tons fortes e coloridos que tanto gosto de misturar, tenho também experimentado tons mais neutros, chamemos-lhes suaves. Em algodão rústico, cinza claro e branco, estas bandeirolas dão "aquele toque" à cabeceira da minha cama. Gosto de as ver ali. Fiz umas iguais para oferecer a uma blogger, a Bela, que já me disse que as vai pendurar numa janela, onde também ficarão muito bem, tenho a certeza.
.
Do padrão que se segue vai sair uma manta de bebé, mas antes deste formato final há uma pequena saga, daquelas que acontecem, muito raramente, mas acontecem, a quem compra lãs. Comprei os primeiros novelos há algum tempo, quando a marca os lançou, para experimentar o fio que me pareceu ser adequado para mantas. E é. Tenho uma quase feita (outras cores e padrão) e com estas quatro cores comecei uma manta para cama de criança. Tudo estava a correr lindamente até que precisei de comprar mais novelos na cor bege, para terminar o projecto que já ia a mais de meio. Tive de esperar algum muito tempo pelos novelos, mas esse não foi o problema. A questão levantou-se quando o fornecedor voltou a repor stock. A cor, ou o tinto, era o mesmo, mas o fio não!!! Embora fosse indicado como sendo o mesmo, tretas, era completamente diferente na espessura e na composição. Impossível de dar continuidade ao trabalho, notava-se e ficava mal, muito mal. Eu gosto de misturar materiais e criar texturas, mas no caso o projecto não foi pensado com essa finalidade e tinha de ter o mesmíssimo fio do princípio ao fim. Aborrecida por tanto esperar e ficar sem fio em condições, encostei o trabalho à box. Há uns meses uns amigos deram-me a notícia de que iam ser papás. Lembrei-me da ideia para a manta da cama de criança, pois tinha pensado naquele padrão com aquelas cores e queria muito experimentá-lo. Como a neura já me tinha passado há muito, lá peguei novamente no projecto que já tinha iniciado. Desmanchei-o todo e voltei a fazer, desta vez em tamanho xs de forma a não ter de misturar os desgraçados dos novelos com um fio tão diferente. Vai ficar uma manta de alcofa e vai ficar bonita, tenho a certeza.
.
E agora cá estão elas, as cores de grande contraste que eu tanto gosto. É verdade, estou de regresso ao grande colorido com esta manta para a nossa rulote. Vi a da Saskia e fiquei apaixonada pelas cores. Também quero!!! E lá fui eu à procura de tons idênticos e optei pelo Catitano, da Rosários4.  Já consigo imaginar a cama da rulote com esta manta, vai ficar liiiinnnnda. Tenho tantas saudades de ir passar uns dias ao meu retiro, mas não há-de tardar. Os dias bons já se fazem sentir e as oportunidades vão começar a aparecer.

E é isto, mantas e bandeirolas para alegrar os olhos. Também me entretive com outras graçolas, mas essas ficam para depois. E vocês, que andam a fazer com sabor a primavera?
Tenham uma excelente semana, daquelas bem coloridas ;)


Até já
Ana Lado B


domingo, 5 de março de 2017

granny square, the big one!

domingo, 5 de março de 2017
Fiz o maior granny square de toda a minha história no crochet! Eu sei, há muito maiores, mas este é o meu maior :) pelo menos até ao momento.
No início do ano passado criei uma paleta de cores de inverno que adorei misturar e na altura fiz uma almofadae também um poncho que ainda não terminei, sendo que basicamente faltam meia dúzia de carreiras e os remates. Saiu na rifa, é daqueles trabalhos que vão ficando no fundo da cesta, um dia há-de saltar de lá para ser terminado. Mas adiante, vejam lá o meu giant granny square.





.
Nunca tinha feito nenhum deste tamanho. Foi crescendo enquanto os novelos o permitiram e acabou por ficar uma manta de colo de 1,15m x 1,15m. O fio, em meada, é da Brancal, um mistura de lã e acrílico, foi trabalhado com  agulha nr.4. Esta manta vai direitinha para a loja on-line  fazbemaosolhos, para fazer companhia às que já lá estão. Ainda não chegou lá, mas há-de chegar.
Agora uma curiosidade, sabem porque é que este padrão é apelidado de granny square? Esta foi uma pergunta que coloquei a mim própria e decidi pesquisar. Assim, à laia de brevíssima nota, passo a partilhar o que li acerca do assunto. Diz-se que estes "quadrados da avó" surgem na grande corrida ao ouro, na Califórnia, há cerca de cento e setenta anos atrás. As mulheres colonas, britânicas, francesas, italianas, australianas, neozelandesas, latino-americanas, suecas, holandesas, chinesa, entre outras, tinham parcos recursos nas novas terras que habitavam e viam-se obrigadas a reaproveitar tudo sem excepção, inclusive os fios de lã das velhas camisolas e meias gastas. Com os restos das fibras que acumulavam faziam quadradinhos em crochet. As cores eram misturadas a seu belo prazer, conforme as quantidades de que dispunham, mas também inspiradas nos grandes contrastes de cores vivas dos tapetes do médio oriente - afghans. Ok, até aqui, entendido. Mas então o que é que a avó tem a ver com o assunto!? Ora, como a maioria dos trabalhos do quotidiano já não podiam ser desenvolvidos pelas mulheres mais velhas, cabia-lhes a elas as tarefas que não exigiam grandes esforços e, entre muitas outras tarefas, eram incumbidas de unir um a um todos os quadrados crochetados, trabalho que requeria muito tempo, paciência e dedicação, daí o nome "granny-square". Depois de unidos os quadrados formavam mantas grandes e coloridas que aconchegavam as famílias e decoravam as suas camas.




.
Gostei tanto do resultado desta manta que já estou com ideias para uma próxima, ainda maior! com outro tipo de lã, cores e textura. Penso que este trabalho encerra a fase outono/inverno aqui pelo fazbemaosolhos. Embora lá fora ainda chova, começa a apetecer-me pegar em contrastes mais primaveris. Já tenho ideias e cores pensadas e quero muito começar a trabalhá-las.
.
Tão linda!!! A querida e doce Helga foi a minha companheira nesta sessão fotográfica, também ela mereceu uma foto.
Desejo-vos uma excelente semana.


Até já
Ana Lado B



Faz bem aos olhos | Crochet - Crafts - Lifestyle © 2014