segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Chunky Blanket # nova etapa

segunda-feira, 9 de janeiro de 2017
Ora viva gente bonita e Bom Ano!!! Já estamos em 2017 e já passou mais de uma semana do novo ano, isto é que é ver passar o tempo... rápido, não é? É sim, e não há nada como aproveitá-lo bem. E como? Bom, entre um milhão de coisas possíveis de serem feitas, posso garantir-vos que crochetar é também uma belíssima forma de ocuparmos o tempo. Sou suspeita, mas acreditem que é muito bom.
Sempre que um novo ano inicia temos vontade de partir para mudanças positivas, de prosseguir com ideias e traduzi-las em realidades, de fazer tudo o que não fizemos até então. Começamos o ano com a pica toda e não há nada como aproveitá-la e fazê-la durar. Num novo ano surgem sempre novos começos, outras etapas, avistamos novos caminhos. Aqui no fazbemaosolhos não é diferente e por isso mesmo dedico a primeira publicação do ano a um desafio que me proponho a mim mesma - contagiar-vos com o crochet! Para isso, espero conseguir manter o entusiasmo no topo e, humildemente, poder contribuir para alguns dos vossos momentos de bem estar. Começo esta nova etapa com um projecto que executei no final do ano passado e desafio-vos a fazerem um para vocês, igual, adaptado, maior, mais pequeno, mais grosso, mais fino, tanto faz, é como vos aprouver. O importante é que se divirtam enquanto o fazem e que crochetem muito! Então cá vai, apresento-vos a minha Chunky Blanket.



.
Há já algum tempo que eu queria fazer uma manta para a cama do meu pequeno R e durante o ano passado foram várias as tentativas que fiz de pontos e modelos, mas nenhuma me satisfazia. Cheguei mesmo a ficar baralhada, triste e desmotivada por não conseguir chegar a conclusões e quando isso acontece devemos deixar o assunto a marinar e voltar a ele mais tarde, já com a cabeça limpa e pronta para receber novas ideias. Foi o que fiz. As cores (azul, branco e vermelho) da Chunky Blanket foram escolhidas pelo pequeno R, são as suas favoritas, mas deixavam-me poucas hipóteses. Tudo o que eu fazia parecia resultar em toalha de mesa ou bandeiras e galhardetes. Até que, nas passeatas pela net, um dia vi uns modelos que me seduziram bastante, todos feitos com fios bem espessos. Aaah, nem mais, era isso mesmo, os meus olhos ficaram presos às mantas com um fio grosso, de ar confortável, quentes e de fáceis de executar, o que dá sempre muito jeito. E se até àquele momento fiz e refiz tentativas de mantas, garanto-vos que entretanto, entre imaginar o que podia surgir e começar a fazer, tudo aconteceu num abrir e fechar de olhos. Finalmente, o pequeno R já tem uma manta feita pela mãe, tal como os manos, e digo-vos que estou muito orgulhosa com o resultado. Lá está, é a tal questão, menos é mais. Simples mas de grande efeito, além de que cumpre todos os requisitos imaginados.
.
Como é meu hábito, não a projectei, apenas a idealizei. Depois, foi pegar na agulha e novelos e deixar que acontecesse. A ordem das riscas, a largura e cor de cada uma foram aparecendo conforme os meus olhos ditavam. Em relação ao acabamento, decidi deixá-la sem barra à volta. Gosto assim, mas claro que se pode acrescentar uma barra, ou qualquer outro acabamento, como borlas, pompons, franjas, etc. E agora, desafio-vos a fazerem uma Chunky Blanket para vocês, com as medidas e cores que vos apeteça. Nestes dias frios apetecem trabalhos que se espalhem pelo colo, que o aqueçam, e esta é uma agradável experiência. Arranjem as vossas lãs, coloquem o saco ao lado do sofá, levem a chávena de chá ou café para ao pé de vocês, ponham um bom som ou um filme (daqueles que dá para ir deitando o olho enquanto nos concentramos no que estamos a fazer) e tenham uns excelentes momentos de conforto no vosso sofá.
Para que tudo aconteça, deixo-vos uma descrição do material necessário, um tutorial feito por mim e o esquema do ponto pelo qual me guiei para tirar a amostra. Embora existam outros nomes, conheço este ponto por ponto de bandeira.

Medidas da Chunky Blanket
aproximadamente 1,90m x 1,10m

Tipo de fio
Usei um fio 100% acrílico, novelos de 100gr. No caso optei por este fio que já vos apresentei noutras ocasiões, como na Manta em V ou na Candy Sugar.

Material necessário
- 2 novelos branco pérola
- 2 novelos vermelho
- 2 novelos cinza escuro
- 3 novelos cinza claro
- mesclado cinza escuro/pérola, foi criado com dois novelos da mesma marca, também de 100gr, mas de espessura mais fina, um novelo de cada cor
- mesclado azuis petróleo escuro/claro, criado da mesma forma que o anterior
- também usei umas sobras de azuis que tinha, como azul petróleo, azul céu e azul celeste. Não hesitem em usar sobras de outros fios, desde que se adaptem seja na textura, seja na paleta de cores pela qual optarem.
- agulha nr.7

Esta foi a minha opção, mas os materiais a usar são de escolha livre, seja na espessura, na qualidade do fio ou nas cores. O único cuidado que têm de ter é o de tirarem uma amostra do fio que escolherem, para que a partir daí possam perceber quantos pontos têm de montar no cordão base, de forma a atingirem o tamanho que pretendem para o projecto. A seguir, têm um tutorial para fazerem uma amostra e praticarem o ponto. Espero que o entendam, mas caso tenham alguma dúvida não hesitem em pedir ajuda, tentarei fazer o meu melhor para vos ajudar.

Tutorial / amostra


1. montar um cordão com 21 pontos de carreira.

2. crochetar mais três pontos  e crochetar três pontos altos no 21º ponto do cordão (ou o 4º ponto a seguir a estes últimos três).

3. contar 3 pontos e crochetar 1 ponto baixo no 4º ponto que se apresenta a seguir .

4.  crochetar *3 pontos de carreira, crochetar 3 pontos altos no mesmo sítio onde foi crochetado o ponto baixo, voltar a contar 3 pontos, crochetar 1 ponto baixo no 4º ponto que se apresenta* e repetir desde * a *. Na foto abaixo pode ver-se a repetição dos pontos até ao final do cordão, repetição essa que termina com 1 ponto baixo.

5. chegado ao final da primeira carreira, virar o trabalho. Como podem verificar já tem o efeito de inclinação.

6. crochetar 3 pontos de corrente e a seguir crochetar 3 pontos altos no mesmo ponto com que começou a carreira.

7. crochetar um ponto baixo (metendo a agulha por dentro do ponto alto da carreira anterior, que parece formar um "canto").

8. crochetar 3 pontos altos (sempre por dentro do ponto alto da carreira anterior).

9. voltar a crochetar um ponto baixo no "canto" seguinte e repetir a execução até ao final da carreira, terminando com um ponto baixo no último ponto (canto) que se apresenta.

10. voltar o trabalho e repetir o processo mostrados nas figuras 7, 8 e 9

No final ficam com uma amostra, no caso, com cerca de 20 cm, pela qual calculei quantos pontos tive de montar para atingir a largura pretendida para a manta.
.
O esquema/gráfico pelo qual me guiei encontram-no no meu Pinterest, aqui.
Espero conseguir entusiasmar-vos e pôr-vos a crochetar, muito!

E porque mais vale tarde do que nunca, aproveito esta publicação para vos mostrar o que fiz para a Troca de Natal. É verdade, só agora, porque também só no passado sábado é que houve oportunidade de encontro com a minha "vítima", a Ana do No Mundo da Tatas e como já tinha dito, não queria mostrar-vos o presente, antes de o mostrar à Ana. Como podem verificar terá de esperar pelo próximo natal para fazer uso do presente.
.
Por hoje, é tudo e foi um looooongo post...
Divirtam-se a crochetar e de resto já sabem, sejam felizes!


Até já
Ana Lado B

19 comentários:

  1. Olá Ana lado B de volta :D
    Sabes sempre o que fazer com as cores, a manta ficou linda e enorme .
    Só mesmo quem executa algo assim sabe das horas que são precisas para finalizar um projecto dessa envergadura .
    A manta tem mesmo ar de conforto, é que sente se .
    O filho é que ficou a ganhar e é sem duvida um regalo para a vida .
    Continuações de dias felizes e espero que esteja tudo bem com os teus pais
    Semana feliz
    bjs
    Lulu

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Lulu! Hoje sim, fiquei com tempo para andar aqui pela blogosfera e finalmente consigo retribuir as vossas palavras. Olha, a manta é mesmo muito macia e quentinha, tem sido um sucesso no aconchego do meu pequeno R. Os meus pais já regressaram a casa, felizmente parece estar tudo a rolar. Ah, adorei a forma como transformaste o teu móvel da sala em vários, já lá estive a espreitar ;)

      Eliminar
  2. A manta está mesmo bonita! Eu até me aventurava mas percebo ZERO de crochet...
    Pode ser que um dia aprenda. ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aaaahhh um dia que aprendas vais ver, é do género non stop! E trabalhos como esta manta são muito simples de serem concluídos, graças ao fio espesso "crescem" muito depressa ;)
      Espero conseguir conquistar-te na aprendizagem do crochet!

      Eliminar
  3. Olá Ana!!

    Que linda manta que o teu filhote recebeu!! Parabéns está mesmo bonito e com um ar super confortável!
    Um dia aventuro-me a apender a fazer crochet, confesso que adorava!
    Beijinho grande e dia feliz!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Catarina, o quanto eu gostava de poder estar perto de cada uma de vós que gostaria de aprender a fazer crochet. É tão simples, garanto-te e os efeitos que pode produzir são surpreendentes. Vou tentar, através do blog, poder contribuir para essa aprendizagem. Tem um excelente dia ;)

      Eliminar
  4. Ana, parabéns pela manta está linda! Gosto dos tons que o teu filho escolheu para a manta e da distribuição das cores de forma aleatória. Nunca fiz este ponto em mantas, obrigada pela partilha e pelo tutorial!
    Bjinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Fátima :) confesso que gostei tanto do efeito que me sinto tentada a repetir o ponto noutras mantas e com outras cores. Já viste, tão simples e com um efeito tão surpreendente, é viciante!

      Eliminar
  5. Um bom ano Ana ;o) E começaste-o muito bem ! Que bela escolha de cores a tua teu filho: alegres e divertidas ! Quando vi esse ponto parecia-me um que já fiz na diagonal mas pelo teu pap deu para perceber que a construção é outra. Parabéns pelo pap, está excelente ! Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Susana! Sabes, esse ponto de que falas deve ser aquele a que chamam "corner to corner", que é executado precisamente na diagonal. Tens razão, o efeito é muito parecido. Ando a estudar esse ponto, quero experimentá-lo e provavelmente numa peça mais pequena. Também fica muito interessante e o mais engraçado é que dá para criar imagens. Oh, fico tão feliz e aliviada por achares que o pap se entende bem. Obrigada, obrigada :) :)

      Eliminar
  6. Parabéns, a manta ficou fantástica, as cores combinam muito bem entre si e ficou maravilhosa no quarto, bela opção do filho na escolha das cores.
    Realmente é como dizes quando não nos caí logo no goto, mais vale acalmar e deixar de lado, depois quando a vontade voltar é de seguida.
    Obrigada pela partilha do Pap, não conhecia este tipo de ponto.
    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Susana! É mesmo, olha que tenho sempre, sempre, trabalhos na cesta que ficam em stand-by precisamente porque, por alguma razão, não me convencem. E a maior parte das vezes volto a pegar-lhes, passado uma montanha de tempo, e acabo por vê-los com outros olhos ao ponto de conseguir vislumbrar soluções e finais felizes. Funciona sempre ;)

      Eliminar
  7. Ficou lindo demais seu Chunky Blanket! Adorei a escolha das cores também, perfeito para o quarto de um jovem rapaz. <3

    Não Me Mande Flores

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada Camila!!! E sê muito bem-vinda ao fazbemaosolhos :) :)

      Eliminar
  8. Olá! A tua manta está lindíssima, são as cores perfeitas para um jovem. E obrigada pelo PAP, dá para perceber perfeitamente como se faz. Também gostei muito das bolinhas da árvore que a "tua vítima" Ana recebeu, imaginei logo uma árvore com aquelas bolas. Um beijinho e obrigada pela partilha.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada eu pelas doces palavras :) e os teus bebés??? devem estar lindos e crescidos!

      Eliminar
  9. Está linda a manta, Ana, uma festa para os olhos. E olha que não é tarefa fácil escolher cores adequadas a um jovem rapaz: geralmente ficam infantis ou muito sérias. Mas como sempre, arranjaste a paleta apropriada. Quanto à prenda da Ana, só gostava de ver essas bolas em mais detalhe. Que trabalho lindo! já imagino uma árvore rústica, cheia delas, que original ficaria! beijinhos, bom fim de semana!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tens toda a razão, não é fácil escolher nem as cores, nem o modelo para uma manta de quarto de rapaz. Mas lá consegui, ao fim de inúmeras tentativas frustradas. E gosto tanto do que acabou por sair :) aaaahhh as bolas, sabes, espero no próximo natal ver muitas dessas na minha árvore. É um desafio a que me proponho, vou ter de começá-las ainda no Verão de forma a ter a quantidade desejada! Vai ser loucura eheheh
      Obrigada Val pelas tuas palavras tão motivadoras ;)

      Eliminar
  10. Esta manta é adorável, Ana! Obrigada por compartilhar todo esse trabalho! Parabéns! E um grande abraço de Catalonia!

    ResponderEliminar

Faz bem aos olhos | Crochet - Crafts - Lifestyle © 2014