sexta-feira, 14 de agosto de 2015

E o Sol, onde está?

sexta-feira, 14 de agosto de 2015
Enquanto esperamos que o tempo melhore, viemos até casa. Já por cá, pensámos ir ao Zoo St. Inácio, mas as nuvens, a chuva e os chuviscos não nos dão tréguas. Que desespero, dias livres e tempo murcho! Voltar para o parque de campismo também não é boa ideia, campismo e chuva são duas coisas que não combinam. Aquela frase da cantiga "Ó meu lindo Agosto..." não se aplica. O Agosto não está lindo, não senhor. Enfim, melhores dias virão, esperemos que sim. Mais um ano que decidimos ficar pelo norte e pumba, chuva nas férias! Este é o aspecto do céu, visto da minha janela... não deixa de ser bonito mas gosto mais deste céu no Outono.


Vir a casa é sinónimo de ter internet, algo a que não tive acesso durante os dias que estive fora. É verdade que de vez em quando me sabe muito bem estar longe das tecnologias e não ter que "picar o ponto" no blog, no face ou no email. Mas já que estou por casa, aproveito e aqui estou eu.
Tive dias bons, muito bons, que souberam verdadeiramente a férias. Os dias de férias são esticados, dão para tudo e ainda sobra tempo. Entre ler, ir à praia, à piscina, passear à beira-mar, fazer churrascos, comer bolas de berlim e croissants (perto do sítio onde estivemos havia uma pastelaria que nos  tirava do sério!!!), entre outros passa-tempos, também dediquei algum tempo ao crochet, claro está. Decidi não levar na bagagem a Camisola, nesta volto a pegar só hoje, mais logo, mas já marquei meta para a terminar até este Domingo. A Écharpe, ou aquilo que virá a ser uma écharpe, levei-a comigo e está já a meio. Não a trouxe nem tirei fotografias. Será algo a fazer em breve mas não agora. Mas como na rulote tenho um enorme saco de restos de  lãs, que acumulei durante o último ano, apeteceu-me brincar ao patchwork. Tenho uma pequena manta aos quadrados e quadradinhos já quase feita. Depois mostro-vos, está a ficar muito engraçada. Será algo para deixar na rulote e usar quando estamos por lá. Mas e dizem vocês "tanto blá, blá blá e nem uma fotografiazinha, nada?!" Têm razão. Todos os trabalhos de que vos falei decidi mostrar-vos só depois de terminados. Mas não tarda estarão aqui para os verem. É uma forma de me obrigar a terminá-los o quanto antes, sei que percebem. MAS tenho umas pequenas revelações a fazer-vos. Intercalados com os trabalhos que me vão apetecendo fazer, como todos os que acabei de referir, tenho outros que são compromissos. Quero entregá-los no início de Setembro mas entretanto deixo-vos aqui um "cheirinho" de cada um.



Fui eu que escolhi as cores, muito diferentes para cada um dos projectos. Não quero revelá-los totalmente antes de os entregar a quem pertencem mas assim que o fizer partilho convosco todos os pormenores, o que são e para que vão servir. Hoje estou nisto, falo de tudo mas não revelo nada.
Sabem, enquanto preparei esta publicação (nas últimas duas horas e meia) o Sol apareceu! Espero que seja para ficar, pelo menos até ao final do dia de hoje. Acho que vamos até ao zoo.
Não sei muito bem quando voltarei aqui. Se o tempo o permitir voltaremos a ausentar-nos e vamos gozar mais uns dias de férias, ao ar livre, que é como gostamos.
Aproveitem também o vosso tempo da melhor forma e sejam felizes.

Até já
Ana Lado B

6 comentários:

  1. Mesmo Ana...que tempo :( Para quem marcou férias então nem imagino...
    Vir ao teu blog é sempre um deleite...tenho tantas saudades de fazer crochet...vou-me contentando em ver as coisas bonitas
    Espero que não voltes tão rápido que será sinal que o tempo melhorou e estás a dar um passei lindo pelos sitos onde andas :)
    Beijinhos e continuação de boas férias!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Entretanto já estou de regresso Ana mas o tempo... já viste?! concluo que Agosto jamais voltará a ser aquele mês que conhecíamos. Hoje, por exemplo, está novamente tudo nublado e algum fresco aqui para os meus lados. Sabes que mais, vingo-me nas lãs eheheh o tempo tem estado de tal forma que tenho trabalhado fios que por norma só se trabalham nas estações mais frias.
      E então, porque não fazeres uma pecita em crochet para matar as saudades ;)
      beijinhos

      Eliminar
  2. Falar de tudo e nada revelar...é sinal de inteligência sadia =)
    Gostei dos projetos em mãos!!! Bjoca

    ResponderEliminar
  3. Olá Ana, acho que este tempo de verão "mais ou menos", puxa para os trabalhos de mãos! Vou repetir-me mas lá terá de ser: adoro as cores que usas e as combinações que fazes e a forma como trazes para o séc. 21 o crochet tradicional. Ou seja, tens o dom, através das tuas cores de tornar o crochet super moderno e apelativo. Os "grannys estão demais (imagino , ou melhor nem consigo imaginar a beleza de uma manta feita com eles) e ali a mini zig zag...será?? fico na expetativa! Continuação de boas férias! beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ó Val também eu me repito: ler as tuas palavras enche-me de coragem para fazer cada vez mais, mais e mais experiências com as cores. Mas o que dizes é importante, refiro-me ao facto de podermos ter um olhar actual e moderno sobre uma das técnicas mais antigas que conhecemos, como o caso do crochet tradicional. E é isso mesmo que me prende e, posso dizer, me vivia no crochet, a possibilidade de estar sempre a reinventar através das cores e dos fios escolhidos. Pessoalmente não tenho paciência para fazer renda (a mesma técnica mas com resultados completamente diferentes), mas se pegarmos num esquema de um naperon e o executarmos com fio (muito) mais grosso e escolhermos não uma mas várias cores, o resultado pode ser absolutamente encantador, assim como a função. Aquilo que era supostamente pensado para um naperon, e dependendo da espessura de fios que usamos, pode passar a ser visto como uma almofada cheia de design, um tapete, uma manta, entre muitas outras possibilidades. É muito giro e gosto muito de me dedicar a isto.
      A mini zig-zag... será? :)) eheheh está quase, quase pronta. E sabes, à conta das cores que escolhi para a pequenota criei uma pequena colecção de almofadas, estava a precisar de renovar o stock e gostei tanto das cores que não resisti. Mas sabes, aqui nas fotos as cores são bonitas mas não fazem jus às reais. Ao vivo os verdes são mesmo verdes e aqui ficam uma espécie de azuis turquesa. Fotos com o telemóvel... ainda não me decidi a investir numa máquina e é nestas alturas que percebo a importância de ter uma, precisamente para que as cores nas fotos sejam as reais. Mas só acontece com determinado tipo de cores, poucas até... ainda não percebi porquê :/
      beijinhos e um até já ;)

      Eliminar

Faz bem aos olhos | Crochet - Crafts - Lifestyle © 2014